Skip navigation

Atriz conta porque decidiu aceitar o papel e como foram as filmagens ao lado de Downey Jr.

Gwyneth Paltrow entrou na sala usando um vestido todo chique e mancando do alto dos seus saltos. Ela tinha acabado de operar o joelho e estava no meio do tratamento da fisioterapia, recém-largado a bengala e pediu para que ninguém contasse ao seu ortopedista. Acho que ele não lê português… e mesmo que leia, já faz tanto tempo que ela nem deve levar uma bronca tão grande assim🙂

Bem menos presente nos cinemas do que no passado, conseqüência do casamento com o roqueiro Chris Martin (Coldplay) e os filhos Apple e Moses, a ganhadora do Oscar por Shakespeare Apaixonado resolveu marcar a sua volta justamente em Homem de Ferro e ninguém melhor para explicar o personagem do que ela própria.

Para aqueles que nunca leram gibis do Homem de Ferro, será que você poderia, por favor, falar um pouco do seu personagem?

O Homem de Ferro começou lá atrás como um quadrinho anticomunista. Tony Stark é o protagonista, um cara cheio de problemas. Ele é meio alcoólatra, mulherengo e um fabricante de armas, mas é tipo um Howard Hughes, um pouco imprudente. Eu interpreto Pepper Potts. Ele é assistente do Stark. Sua confidente. Ele é a pessoa mais próxima que ele tem. Pau pra toda obra, sabe? Eles têm essa relação mútua, até meio fraternal, mas também um pouco sexual e muito divertida. Enquanto ele é porra-louca, ela é meio que a consciência, a parte moral sempre tentando dominar.

Homem de Ferro foi o seu primeiro convite para os filmes de super-heróis?

Sim, foi o primeiro.

Não foi estranho? Você ficou um tempão afastada e voltou justamente neste filme, que é diferente de tudo o que tinha feito antes.

Quer saber? Foi estranho, mas quando estávamos lá, desde o primeiro dia foi ótimo. Eu adoro o Jon e tudo mundo e foi tão legal que espero que anunciem logo a segunda parte…

Seu contrato é para três filmes?

Sim. Assinei com meu sangue. (risos)

Quais os passos daqui para frente?

Eu só quero me divertir. Experimentar coisas novas. Tentar papéis que nunca fiz e ver como me sinto, sabe? Se eu vou trabalhar, tem que ser algo revigorante para mim, que me deixe animada. E não tem que ser Shakespeare. Pode ser qualquer coisa desde que eu ache que valha a pena e também desde que eu esteja trabalhando com boas pessoas e aprendendo algo.

Na sua opinião, o que diferencia o Homem de Ferro para outros heróis mais conhecidos como Super-Homem, Batman e Homem Aranha?

Robert Downey Jr.. Eu sempre quis trabalhar com ele, desde que era uma adolescente. Até mesmo antes de começar a atuar achava que ele era um gênio. Ele e Johnny Depp eram os dois atores com quem sempre sonhei trabalhar e por isso foi sensacional quando me chamaram e disseram que era um filme do Jon Favreau, que fez filmes que adoro, e que eu iria atuar ao lado de Robert Downey Jr., Terrance Howard e Jeff Bridges… Só pude dizer “Ótimo! Onde eu assino?” E só depois perguntei sobre o que era e me contaram que seria uma adaptação de quadrinhos do Homem de Ferro. E eu falei “Legal e como é?” e assim fui me familiarizando com aquele universo e fiquei muito feliz. Me diverti muito.

E como foi realizar este sonho e trabalhar com Robert Downey Jr?

Foi maravilhoso. Ele é uma pessoa sensacional e me fazia dar risadas o tempo todo. O senso de humor dele é muito bizarro. Ele pensa em módulos. Ele não pensa linearmente. Do nada ele vem com umas idéias malucas e analogias e fica difícil acompanhá-lo. Uma hora ele está aqui, no segundo seguinte ele já está lá do outro lado.

O que faz do Robert Downey um bom Homem de Ferro?

Como eu disse, o próprio personagem é um cara cheio de problemas e eles compartilham este passado complicado e faz isso de uma forma sensacional. Ele se parece com o cara que curte ação, está muito bem e é um ótimo ator, que traz tudo isso para o personagem. Ele não tem amarras, mas quando está trabalhando se dedica totalmente e tenta as coisas mais geniais. Ele é um cara ligado no 220V, sabe? Você não chega ao fim do dia se arrastando. Sempre tem algo inesperado quando ele está por perto.

Você tinha algo de nerd na sua adolescência? Algum quadrinho que lia, algum personagem que gostava?

Minha nerdice era mais para as comidas e coisas interiores ou música. Todo este universo de histórias em quadrinhos é novidade para mim, porque eu nunca tinha lido nada. Meu irmão lia muito quando estávamos crescendo o que é bem interessante pois era todo um mundo que eu nunca me interessei muito. Claro que eu sabia que existia, mas não conhecia a sua extensão e quão urbano e passionais são os fãs e tudo mais.

Jon Favreau disse que preferiu focar mais nos efeitos reais do que na computação gráfica. Esta decisão torna as coisas mais fáceis para os atores?

Bom, é mais fácil porque você realmente se assusta quando as armas são disparadas e tudo começa a explodir. Sim, eles fizeram umas coisas bem malucas. Eles explodiram muita coisa e é melhor eu não entregar o quê… Não é o tipo de trabalho que você vê todos os dias. Podia levar umas oito horas para arrumar tudo no set para depois explodir tudo em segundos.

Como você acha a realidade em uma história como esta?

Para mim, o que é legal é a relação entre os personagens. Esta é a alma do filme. Foi muito bem construída, real e até complicada. Eu não estava lá nos dias em que eles explodiram tudo.

Mas o seu personagem tem cenas de ação?

No fim…

Tem alguma luta ou armas?

Não tem nenhuma luta. Não uso armas. Eu tenho isso… [e aponta para a cabeça]

Veja também:

Cenas de Heath Ledger não serão cortadas.

———————————————————————————-

One Trackback/Pingback

  1. […] Cinema e cultura programação cultura, brasil cultura, filmes cultura, conceito cultura … http://www.educacao24horas.com.br « Entrevista: Gwyneth Paltrow, a Pepper Potts de Homem de Ferro […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: